(Resenhas) A Promessa da Rosa - Babi A. Sette


Título: A Promessa da Rosa
Autor(a): Babi A. Sette
Editora: Novo Século
Nº de páginas: 432
Onde comprar: Casas Bahia | Extra.com | Amazon
Nota:
Kathelyn Stanwell, a irresistível filha de um conde, seria a debutante perfeita, exceto pelo fato de que ela detesta a nobreza; é corajosa, idealista e geniosa. Nutre o sonho de ser livre para escolher o próprio destino, dentre eles inclui o de não casar-se cedo. No entanto, em um baile de máscaras, um homem intrigante entra em cena… Arthur Harold é bonito, rico e obstinado.
Supondo, por sua aparência, que ele não pertence ao seu mundo, à impulsiva Kathelyn o convida a entrar no jardim – passeio proibido para jovens damas. Nunca mais se veriam, ela estava segura disso. Entretanto, ele é: o nono duque de Belmont, alguém bem diferente do homem que idealizava, só que, de um instante a outro, o que parecia a aventura de uma noite, se transforma em uma paixão sem limites.
Porém, a traição causada pela inveja e uma sucessão de mal-entendidos dão origem ao ciúme e muitas reviravoltas. Kathelyn será desafiada, não mais pelas regras sociais ou pelo direito de trilhar o próprio caminho, e sim, pela a única coisa capaz de vencer até mesmo a sua força de vontade e enorme teimosia: o seu coração.


A história se passa no século XIX. E só por isso já tem uma atmosfera que encanta (pelo menos pra mim).

Aqueles vestidos maravilhosos, aquele luxo, os bailes e carruagens pelas ruas. Tudo bem, era época bem ruim para as mulheres, nada fácil, mas era de uma beleza sem igual.
Mas mesmo sendo uma época difícil para as mulheres, existiam desde já, mulheres desafiadoras e que faziam a diferença, como a Lady Stanwell.


Kathelyn Stanwell era uma jovem atrevida e arteira demais para sua época, com seu gênio forte, idealista e cheia de sonhos, bate o pé que só se casa por amor, que não será tratada como uma das éguas de seu Pai.

Filha de um conde, está vivendo a fase mais eufórica e esperada por todas as moças, acaba de ser apresentada à sociedade, e passa então a frequentar bailes, em sua primeira temporada. De uma beleza fascinante, logo Kathelyn passa a receber inúmeros pretendentes para cortejá-la. Seria perfeito, se não fosse seu talento para travessuras. A garota se enfia em cada saia justa, que vou te contar.

Após, mais uma vez, envergonhar seu Pai em público em um café da manhã no pomposo jardim da família onde estavam presentes personalidades importantíssimas. Depois disso, Kathelyn tem sua primeira temporada de bailes suspensa, já que fica de castigo um mês inteiro. Claro, a nobre sociedade é informada de que a jovem está de cama, muito doente. Rsrs

Como eu disse anteriormente, a menina tem um talento sem igual para criar situações de risco e comprometedoras, ela desafia totalmente as regras da sociedade da época. Isso torna a história, em certos momentos, cômica, em outros, nem tanto.


Mesmo estando de castigo, o apaixonado Pai, não resiste (nem ele, coitado) aos enormes encantos da jovem, e acaba cedendo e permitindo que ela vá a um baile de mascara com sua prima Judith, mas não como debutante. Sendo assim, ela tem mais liberdade, e não precisa sacar sua cartela de valsas. Rsrs
Mal sabia o pobre homem, o que ela tinha em mente de plano para aquela noite. Porém, mesmo ela, foi surpreendida, ao conhecer naquele baile, um homem que abalou todo seu mundo.

Kathelyn que está tão acostumada a brincar e abusar das atenções masculinas que a cercam constantemente, sem nem se abalar. Sente, pela primeira vez, os efeitos de uma paixão avassaladora.
Quem era aquele homem, que mesmo sem conseguir ver seu rosto, conseguia deixa-la de pernas bambas, fazer a temperatura local aumentar e prender totalmente sua atenção? Tarde demais para a debutante mais cobiçada da temporada, ela nem sabia, mas já tinha sido fisgada. Rsrss

Depois do misterioso e quentíssimo encontro de Kathelyn e Arthur no baile de máscaras, a vida de ambos nunca mais foi a mesma. A partir daí, seguimos acompanhando os encontros e desencontros desse casal apaixonado e ardente, que ousam quebrar todos os protocolos e regras de etiqueta da sociedade, somente pelo fogo da paixão. Rsrs

Mas, como tudo naquela época, as coisas não são fáceis, menos ainda para alguém tão geniosa como a Srta Stanwell. E por conta de suas travessuras, ela se vê diante de um grande problema, uma cena que acaba por tornar sua vida um total caos, e pode destruir todas as suas chances de viver o amor que tanto sonhou.

A história é divertida, nos faz suspirar a quase todo momento, depois de um tempo, nos faz chorar sem parar, e também se descabelar nos momentos mais injustos. É uma história fascinante, um belíssimo romance de época, daqueles que realmente nos transporta para dentro das páginas. Houve diversos momentos em que realmente me vi ali, no meio de tantos daqueles bailes.

A escrita da autora é fabulosa, e nos domina e encanta tanto quanto seus personagens e o mundo onde vivem.

Kathelyn, Arthur, Steve, Philipe, Jonas e a querida Sra. Taylor, são personagens tão fortes e lindos, embora nem todos sejam os personagens principais, todos têm sua força e personalidade marcante. Cada um tem seu espaço e sua importância bem destacados na história. Eu me encantei, com todos eles. Até com aqueles que vêm bem depois, quase no fim da história.

A capa é linda, e tem um significado profundo na história. A escrita da autora – mesmo sendo um romance de época – é simples na medida certa, leve e nos permite uma leitura rápida.

Quanto à revisão, achei algumas pequenas falhas, como letras faltando. Mas nada que atrapalhe a compreensão da história. As folhas são amareladas com a fonte num tamanho razoável para uma leitura confortável.

A diagramação é linda e romântica, com folhas no topo da página à cada novo capítulo e uma florzinha fazendo a separação quando alterna o ponto de vista do de Kathelyn para o de Arthur. Sim, o ponto de vista é alternado em alguns momentos, e isso só deixa a leitura ainda mais deliciosa.


A autora soube criar um universo magnífico entre sedas, babados, carruagens e bailes.
 É sensacional, estou extasiada com a leitura, e lamento não ter lido antes.

Se você ainda não leu, corre e pega pra ler. E pra dar uma forcinha, tem sorteio pra vocês! :D

Uhulll!!!! Não vai ficar de fora, né!? Chama todo mundo e vem participar!



Termos e Condições:

  • Só há UMA entrada obrigatória, mas quanto mais vocês preencherem no formulário, mais chances de ganhar
  • Ter endereço fixo no Brasil
  • Comentar na resenha e deixar e-mail para contato.
  • A promoção começa dia 21/10 e termina dia 30/11.
  • Perfis fakes ou criados exclusivamente para promoções serão desclassificados;
  • O sorteado receberá um e-mail e terá 48 horas para respondê-lo. Caso não seja respondido será feito um novo sorteio;
  • O livro será enviado em até 30 dias úteis após o sorteio.
  • Não nos responsabilizamos por eventual extravio ou problemas com o correio, nem caso o endereço para envio seja passado errado.




Boa Sorte !!!







Jaqueline Silva
Carioca, mãe, apaixonada pela família e amigos, viciada em Coca-Cola, chocólatra, apaixonada por livros e filmes, estudante de enfermagem e blogueira nas horas vagas.
Amo blogar e tudo o que a literatura me trouxe. Pra mim ler é poder viajar sem sair do lugar.

26 comentários

  1. Oi Jaque, tudo bem?
    Sou apaixonada por romances históricos e já tinha ouvido falar desse livro e estava com muita vontade de ler! Adoro esse "mundo" dos livros de época, me encanta muito.
    Li só um nacional nesse estilo, que foi o Pássaro da Samanta Holtz, e é muito bom, espero gostar de A Promessa da Rosa também!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Estou começando a ler romance histórico e tenho ficado encantada por esse mundo tenho visto comentários positivos relacionado ao A promessa da rosa se eu tiver a oportunidade de ler espero me apaixonar pelo século XIX e pelos seus personagens bjs👍

    ResponderExcluir
  3. Depois de ler o Perdida me apaixonei por esse genero, livros de epoca. A capa sem duvida é linda.

    Xayenef.g.16@gmail.com

    ResponderExcluir
  4. Legal o modo como você coloca essas resenhas.

    A capa é linda e pela resenha me aguçou a curiosidade haha

    Da Prateleira

    ResponderExcluir
  5. Estou apaixonada pela capa desse livro, fiquei encantada com a sinopse e ainda não li nenhum romance de época, e esse é um forte candidato a ser o primeiro. Depois de ler sua resenha, só fiquei com mais vontade ainda de ler e me apaixonar pela história e pela escrita da autora, e é um livro nacional, valorizo muito autores nacionais que produzem obras tão boas quanto livros gringos.
    mayarapinto2010@hotmail

    ResponderExcluir
  6. amei o livro .... e quando eu penso que ta tudo indo bom , sou surpreendida por aquele final sensacional <3 amei a resenha bjs

    ResponderExcluir
  7. primeiro : amei essa resenha
    segundo:esse livro com certeza foi pra minha (enorme) lista de leitura kkkk
    3-- realmente vou concordar com você essa época de vestidos longos e bufantes e carruagens me encanta também.
    logico que vou participar!

    e-mail; mayrarodrigus94@gmail.com

    ResponderExcluir
  8. Ahhh... *-* Cada vez que leio algo sobre esse livro, fico com mais vontade de lê-lo! Vi a Babi na bienal do livro no Rio, namorei o livro no estande, mas já tinha extrapolado meu orçamento... coisas de bookaholic! Enfim, está na minha lista de "pretendo ler ainda esse ano". Espero que dê tudo certo! rsrsrs

    http://asgarotasdepemberley.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Esse livro me atrai tanto, primeiramente pela autora ser tão fofa e simpática e depois por ele ser tão lindo.
    Vejo muitas pessoas dizendo o quão maravilhosa é essa história e a resenha não deixou por menos....Estou apaixonada!

    ResponderExcluir
  11. Me apaixonei por essa capa... com uma capa tão linda, o livro só pode ser perfeito
    Quero muito

    ResponderExcluir
  12. Os autores nacionais arrasando. Capa linda demais, já esta na minha listinha de próxima leitura.

    ResponderExcluir
  13. Adoro romances e este parece ser muito bom!! A protagonista tem a personalidade forte, é determinada!! Acontecem algumas intrigas e ciúmes dificultando a amor dos protagonistas!! Mas todo romance tem que ter inconvenientes para ficar mais legal!!

    mariedossanttos@hotmail.com

    ResponderExcluir
  14. Estou louca por esse livro! Por ser um romance de época, me deixou mais encantada ainda. A resenha só me deixou com mais vontade de ganhar! Além disso, é um livro nacional. Nossos autores estão arrasando!

    edmaracn@hotmail.com

    ResponderExcluir
  15. Adoro romances e este parece ser muito bom!!

    ResponderExcluir
  16. Estou doida pra ler esse livro, amei o Entre o amor e o silêncio, o primeiro livro da Babi, achei a escrita dela ótima, adoro romance de época e cada resenha que leio me deixa ainda mais ansiosa em conferi essa história que parece ser maravilhosa.

    ResponderExcluir
  17. Gosto de livros em que o final e até mesmo o livro todo me surpreende, não gosto de leitura que não me surpreende!! O livro parece conter uma estória cativante!! E com certeza, eu gostaria de ler um livro da Babi A. Sette!! Os livros dela são muito bem comentados!!

    beti_bezerra@hotmail.com

    ResponderExcluir
  18. Eu amo romance de época! Pode ser livro, novela (Além do Tempo está perfeita!), filmes... estou louca para ler este, já tinha ouvido falar mas não sabia que era de época, agora quero mais que nunca!

    ResponderExcluir
  19. Ainda não li nada dessa autora, porém vejo quanto sucesso os livros dela tem feito, e depois de ler muitas resenha sobre esse livro dela, que cada vez mais quero ler, e viajar nesse romance de época.

    ResponderExcluir
  20. Kathelyn Stanwell realmente parece ser uma jovem obstinada!! Só que quando o amor bate a nossa porta, não há como escapar!! A capa do livro está linda!! Adoro romance de época e da Babi A. Sette melhor ainda!! O livro tem mais de quatrocentas páginas que nos proporcionar uma leitura rica e cheia de detalhes!!

    ResponderExcluir
  21. Olá. Eu simplesmente AMO romances de época, então sou suspeita, mas A Promessa da Rosa parece ser uma obra simplesmente incrível, sua resenha é mais uma que tece elogios e aponta como a Babbi escreve bem e de forma que prende o leitor, por isso estou muito ansiosa para conhecer a história desse livro. A protagonista me parece maravilhosa, forte e destemida. Ah e a capa dele é simplesmente linda!!!

    ResponderExcluir
  22. Sou apaixonada por romances históricos, são meu gênero favorito! Quero muito ler esse livro desde que lançaram mas devido a vida corrida ainda não tive a oportunidade, uma vez que para esses tipos de livro gosto de ler relaxada e poder entrar de cabeça nessa época que tanto me encanta!

    ResponderExcluir
  23. Oii!!
    Confesso que não li nada da autora ainda, quanto mais eu leio romances históricos mais me apaixono por esse gênero. Lendo sua resenha me deixou encantada pela A promessa da rosa, o enredo de bailes, amor, a narrativa intercalada e a diagramação linda me deixou suspirando pela leitura.
    Bjos e sucesso!!
    mayaracoradini@gmail.com

    ResponderExcluir
  24. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  25. Comentam super bem dessa autora e quero muito ler algum de seus livros para tirar minhas próprias impressões. Não sou fã de romances, mas gosto de histórias de época por causa dos costumes e todo o contexto retratado.
    Esse enredo é bem ao estilo da megera indomada, com encontros e desencontros. Mas acredito que tenha um final feliz.
    jaque_borchardt@hotmail.com

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita e comentário, volte sempre! =)