[Resenha] Anna Vestida de Sangue - Kendare Blake



Título: Anna Vestida de Sangue (Anna #1)
Autor(a): Kendare Blake
Editora: Verus
Nº de páginas: 252
Ano: 2016
Gênero: Sobrenatural
Nota:

SKOOB | GOODREADS

Cas Lowood herdou uma vocação incomum: ele caça e mata os mortos. Seu pai fazia o mesmo antes dele, até ser barbaramente assassinado por um dos fantasmas que perseguia. Agora, armado com o misterioso punhal de seu pai, Cas viaja pelo país com sua mãe bruxa e seu gato farejador de espíritos. Juntos eles vão atrás de lendas e folclores locais, tentando rastrear os sanguinários fantasmas e afastar distrações, como amigos e o futuro.
Quando eles chegam a uma nova cidade em busca do fantasma que os habitantes locais chamam de Anna Vestida de Sangue, Cas espera o de sempre: perseguir, caçar, matar. Mas o que ele encontra é uma garota envolta em maldições e fúria, um espírito fascinante, como ele nunca viu. Ela ainda usa o vestido com que estava no dia em que foi brutalmente assassinada, em 1958: branco, manchado de vermelho e pingando sangue. Desde então, Anna matou todas as pessoas que ousaram entrar na casa vitoriana que ela habita. Mas, por alguma razão, ela poupou a vida de Cas.
Agora ele precisa desvendar diversos mistérios, entre eles: Por que Anna é tão diferente de todos os outros fantasmas que Cas já perseguiu? E o que o faz arriscar a própria vida para tentar falar com ela novamente?


Cas Lowood é o que podemos chamar de caça fantasmas (não que ele goste de ser chamado assim rs). Com um dom e um athame que está em sua família há gerações, somente ele consegue “matar” os mortos, ou enviá-los para onde quer que eles devam ir. Cas caça aqueles que são mais perversos, que assombram e até ferem as pessoas.


Algo muda quando ele recebe um pedido de ajuda para caçar o fantasma de uma menina que, morreu há mais de sessenta anos e que despedaça qualquer um que entre na casa que era de sua família. Acostumado com esse tipo de coisa, o garoto segue para cidade de Thunder Bay, ao chegar lá ele é todo empolgação, pronto pra ação, ansioso para começar sua caça ao fantasma de Anna Korlov ou, como ficou conhecida, Anna Vestida de Sangue.

"Thunder Bay, Ontário, é o nosso destino. Estou indo lá para matá-la. Anna. Anna Korlov. Anna Vestida de Sangue".

Pronto pra começar seu trabalho de campo, Cas quer saber a história de Anna, precisa começar sua pesquisa e saber mais dos moradores locais. O que o intriga a princípio é que não é nada fácil descobrir sobre o passado de Anna Korlov e sua família. Ninguém parece saber ou querer falar sobre o que houve.

"Algo como o assassinato de Anna deve ter chegado aos jornais. Mas que graça teria? Esta é a minha parte favorita da caçada. Ouvir suas lendas. Gosto de ouvir suas lendas. Gosto que eles fiquem tão grandes quanto possível em minha mente e, quando os vejo, não quero me decepcionar."

Sendo assim, no primeiro dia de aula, ele tenta se passar por um garoto comum, e começa tentando se aproximar da menina mais popular do colégio  - Carmel - pra se enturmar com a galera. O plano dá certo, pelo menos até certo ponto.

Cas então é convidado para uma festa e lá, em meio a bebidas, hormônios e toda animação dos jovens, a história local sobra a casa assombrada e Anna Korlov acaba surgindo.

Quando Cas é - aparentemente - desafiado, pelos "bad boys" locais a ir até a tal casa mal assombrada e tentar não morrer de medo, ele vai. Fingindo estar receoso quando, na verdade era exatamente isso que ele queria. Ir até a casa e conhecer logo o objeto de sua caça. Porém ao chegar lá, as coisas meio que saem do controle.

“Ela não é nada do que eu esperava.embora agora, depois que a vi, seja difícil lembrar o que eu esperava antes.”

É assim que ele logo percebe que esse não é um fantasma comum, não é nem de longe tão simples como o ele está acostumado a lidar, e Anna vai  - literalmente - fazer o rapaz suar. Entre ter que descobrir sua história, como ela morreu e o que a deixou tão forte, Cas vai enfrentar muitos outros desafios. Como por exemplo, ter que aceitar ajuda já que sempre trabalhou sozinho. Thomas um telepata peculiar e bem engraçado, acaba conquistando - não tão facilmente - a amizade de Cas e o ajudando nessa difícil caçada.


"Se eu for honesto comigo mesmo, tenho de admitir que Anna Korlov entrou em minha mente como poucos fantasmas antes dela".

Com tudo isso e mais a experiência confusa do primeiro amor, além de ter que relembrar a morte de seu pai, Cas se sente um tanto perdido e numa situação bem diferente de tudo que já passou.

A relação que Cas desenvolve com Anna enquanto tenta encontrar uma forma de derrota-la, assusta até ele mesmo. Nada nessa caçada está sendo normal, tem muito fora do comum.

" - Estou rindo com ela. Estamos conversando. O que é isso, algum tipo deturpado de síndrome de Estocolmo?"

Anna Vestida de Sangue” é repleto de mistérios, magia, e um humor sarcástico e inteligente que nos prende desde a primeira linha. É impossível largar o livro antes de desvendar todos os mistérios e perguntas que ele desperta. Cassio é jovem, mas é inteligente, maduro e forte demais pra alguém da sua idade.

No fim, você estará apaixonado por cada um dos personagens, mesmo os que são um tanto peculiares. Rs Tirando o desespero de querer imediatamente a continuação, a leitura é sensacional e extremamente satisfatória! A escrita de Kendare Blake é divertida, leve e fluída, tornando a leitura ainda mais convidativa.

Indico demais De longe uma das melhores leituras do ano, até agora!!! ;)


“É ela. Está tremeluzindo como uma imagem em uma tela de computador, um espectro escuro tentando encontrar a saída do vídeo para a realidade (...). Anna está descendo sobre mim, vindo pela escada sem se apressar. Seus pés se arrastam horrivelmente, como se não conseguisse usá-los. Veias escuras, arroxeadas, cortam a pele branca pálida. Os cabelos são totalmente pretos e se movem pelo ar como se estivessem suspensos em água, serpenteando atrás e flutuando como juncos. É a única coisa nela que parece viva.” 



Jaqueline Silva
Carioca, mãe, apaixonada pela família e amigos, viciada em Coca-Cola, chocólatra, apaixonada por livros e filmes, estudante de enfermagem e blogueira nas horas vagas.
Amo blogar e tudo o que a literatura me trouxe. Pra mim ler é poder viajar sem sair do lugar.

4 comentários

  1. A capa desse livro é realmente perturbadora! Adorei a premissa e vou anotar a dica!
    Bjos

    ResponderExcluir
  2. Olá,

    Eu não sabia que tinha continuação, então já fico preparada para esperar pela segunda parte haha
    Espero gostar bastante, porque me lembra a série Supernatural e a caçada constante dos Winchesters na primeira temporada contra fantasmas e entidades mais fortes que essas.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Oie!
    Eu adorei o mistério dessa história! Foi uma otima leitura, e quero saber da continuação, não tem como não ficar curiosa com a história depois de como a trama termina.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  4. Oi,desde o lançamento desse livro estou querendo ler mas sempre vou pulando mas sua resenha me.lembrou dele a também a vontade voltou. Já quero ler, bjs

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita e comentário, volte sempre! =)