[Crítica] Os 13 porquês - O seriado!






















Hello, peoples!!!


Hoje eu vim falar sobre esse fenômeno que está sendo comentado em todas as redes sociais, estão todos enlouquecidos com a série.


Como leitora fissurada, sabendo que a série iria estrear, corri pra ler o livro antes! Que arrependimento!!!!

Ahhh.. Mas porquê, Jaque?

Simples, o seriado foi baseado no livro, só baseado mesmo, pois é diferente do livro em "N" coisas.
E como eu fechei o livro e já liguei a TV, a história estava muito fresca na mente. As impressões de cada personagem, cada detalhe do livro estava muito vivo na memória.

Quando comecei o primeiro episódio, já tive um impacto e notei as diferenças. Não vou detalhar muito aqui pra não dar spoilers pra galera que não leu e nem viu a série ainda.

Pra não ser injusta, resolvi continuar assistindo e me desligar do que tinha lido, e no fim eu consegui admirar a série. A mensagem foi passada, os personagens tiveram seu impacto com suas características e particularidades.

Mostrou até que ponto o bullying pode afetar e mudar a vida de alguém. Mostrou que aquilo que muitas das vezes parece uma "bobagem" pra você, pode ser a gota d'água na vida de alguém que já tem vivido uma sobrecarga emocional. Lembre-se, nem sempre a gente conhece a vida e a história completa de alguém, e mesmo quando a gente acha que conhece, é bom lembrar que ninguém pode ver o íntimo, o coração do outro.




A série nos leva a refletir, refletir muito, sobre como tratar o próximo, como respeitar, como não julgar. Mostra que pequenas atitudes podem sim, contribuir para desmoronar de vez com a vida do outro. E por fim, mas nem de longe menos importante, pelo contrário, mostra o lado da vítima, como alguém vai sendo minado, e desmoronando aos poucos, até chegar a um ponto crítico onde nada mais importa.




A série ressalta bem cada um desses pontos. Ao longo das 13 historias gravadas nas 7 fitas, ao som da voz de Hannah vamos nos sentindo afundar, sentimos parte de sua angústia, desespero e por fim a entrega  total da personagem, quando ela pára de se importar com tudo. Já com Clay, com quem ouvimos as fitas, vamos juntos, nos revoltando, nos indignando, lamentando e chorando por tudo que acontece com Hannah e não só com ela.

A série é incrível, e no fim, consegui sim, deixar de lado a comparação com o livro que tanto me incomodou e viajar na história com um ponto de vista um tanto diferente. A produção está sensacional, os atores são excelentes, souberam dar vida e colocar verdade em cada personagem, cada situação.

Apesar do meu início não tão receptivo com a série, no final acabei por aceitar que a mensagem, que é o mais importante, foi dada da mesma forma.














Se você não assistiu, assista! Mas fica aqui o meu conselho: Deixe a leitura pra depois! ;)

Até a próxima! =)



Jaqueline Silva
Carioca, mãe, apaixonada pela família e amigos, viciada em Coca-Cola, chocólatra, apaixonada por livros e filmes, estudante de enfermagem e blogueira nas horas vagas.
Amo blogar e tudo o que a literatura me trouxe. Pra mim ler é poder viajar sem sair do lugar.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Obrigada pela sua visita e comentário, volte sempre! =)